sexta-feira, Junho 15, 2007

O Indivíduo e a Sociedade


O indivíduo é uma pequena porção da sociedade, organizada, onde a socialização é feita através dos outros indivíduos que o rodeiam, e a sua identidade é moldada segundo os critérios do grupo cultural, onde este se encontra inserido.



Actualmente o indivíduo dispõe da capacidade de escolher, vivemos numa sociedade muito ampla, com um leque bastante variado de escolhas morais ou eleição de valores. Ele pode escolher com quem vai estabelecer laços sociais, pode optar também as relações que deseja, e pode mesmo construir a sua própria identidade.



Não deverá ser a sociedade a influenciar as escolhas do indivíduo.

13 comentários:

Paulo Caio disse...

É tão bom termos o poder de "escolher".
Boas escolhas Ana !!

Heidi disse...

mas infelizmente a sociedade dita mais sobre o indivíduo do que seria de se desejar :S
ana1974? eu tb sou ana desse ano :D

Ana disse...

Olá Heidi, obrigada pelo teu comentário. Sim chamo-me Ana e nasci no ano de 1974, em Outubro.
A sociedade influencia o individuo até onde ele deixa!!!

Miguel F. Carvalho disse...

não sei se a capacidade de escolha será assim tão livre... parte da escolha já está feita pela sociedade onde nos inserimos... por alguma razão quem vai contra as 'regras' da sociedade é marginalizado...

Ana disse...

Obrigada Miguel pelos teus comentários.
O problema social é esse mesmo: não é o individuo que se deve deixar moldar ou reger pelas regras da sociedade, mas sim ao contrário.
O que é a sociedade?
A sociedade é um conjunto de pessoas (ou individuos) que vivem num determinado território, e que vivem com uma igual identidade e com regras.
Então, segundo o que atrás referi, o individuo tem a capacidade de alterar regras e caracteristicas de identidade.
Para isso basta crer e querer...
A marginalização é outra conversa, mas é uma ideia para um post, obrigada.

Heidi disse...

de nada, Ana ;-)
Para além de seres do meu ano (eu sou de Janeiro), estou a gostar das coisas que escreves aqui...Concerteza vou voltar mais vezes...

continuando, o comment: muitas vezes sinto-me um pássaro livre...outras tantas, basta um virar da esquina, ou simplesmente um olhar reprovador, para relutantemente entrar para a "gaiola"... :(

Anónimo disse...

vcs poderiam colocar algumas coisas sobre namoro , ficar entre jovens já q o dias dos namorados esta chegando...

boa sorte!!!

matheus fontana disse...

É meio difícil ser livre hoje no país em que vivemos, muitas vezes tentamos ser livres mais alguns "indivíduos" (Patrões, Pessoas de maior poder aquisitivo) quando percebem aí já cortam ou tentam cortar a nossa liberdade, e quando eles não conseguem, até tomam drásticas maneiras de fazer com que isso aconteça, tudo apenas pra não ser formado mais um indivíduo no seu mesmo poder aquisitivo... Más confio e acredito que com muita coragem, honestidade, fé em Deus e força de vontade quem quer consegue e supera todos os obstáculos que a vida nos dá e que algumas pessoas criam pra nós.

Anónimo disse...

amei esse assunto vc me ajudou muito pois eu tive o privilegio de estudar o seu texto ta bjão

Anónimo disse...

é preciso se apontar o indivíduo que pode escolher. Trata-se de uma minoria, de uma elite que já não era ditada pelas regras em sociedade, pelo contrário, através da propagação da ideologia dominante é que influenciava a sociedade. Para a maioria as escolhas são amplamente cerceadas e complexificadas. Ainda a sociedade funciona.

Pablyne disse...

Hoje todos os indivivuos vivem em conjunto uns com outros que por sua vez integram-se, cada qual de modos diferentes pois a socialização deve ser diversificada a partir do momento que cada qual faz sua parte e se comunica com linguagens e modos instintos de seu próprio conhecer.Exemplo temos os Índios uma éspecie de indivíduo capaz de mostrar coisas novas de seu mundo.

Anónimo disse...

hoje de qualquer maneira o individuo e influenciado pela sociedade , um exemplo e quando vc compra algo q esta no auge vc esta sendo influenciado pela sociedade , e como se ela fosse a ditadora de sua '''liberdade''' . vamos nos livrar das mas influencias q a sociedade nos apresenta . por isso mude saiba fazer suas proprias escolhas e opinioes e influencie a sociedade e nao ela te influencie ...............p

Francisco Sulo disse...

O texto fala de indivíduos que são moldados por uma sociedade ao mesmo tempo em que têm a liberdade de escolha.
Embora eu não considere que isso seja um paradoxo insolúvel, questiono-me sobre até que ponto sou livre enquanto sou moldado. E até que ponto essa definição ou condicionamento do indivíduo cria a ilusão da liberdade numa sociedade caracterizada pela ditadura da informação interessada.